sexta-feira, 3 de setembro de 2010

Banco do Brasil

Outro dia percebi que o Banco do Brasil não estava no mesmo lugar que era antes. Então, fui me informar, vi o site, liguei e tal, aí fiquei sabendo que a agência tinha mudado para o 2o andar do mesmo prédio (na esquina da Sarmiento e San Martín, no Microcentro), sendo que antes era uma agência bem grande e no térreo. Ok, não reclamei de nada porque por telefone me informaram que a agência continuava igual, apenas no 2o andar.

Hoje precisei sacar dinheiro. Onde estava o Banco do Brasil?? Não tem uma placa sequer, nada, nadinha. Entrei no prédio e já começou a dificuldade. É um prédio comercial, para entrar você precisa dar seu rg para o INFELIZ que fica na recepção (o cara é muito mal humorado, por isso o chamo de infeliz), aí ele te cadastra lá no computador, passa seu rg por um scanner de mão e finalmente lhe dá o cartão que permite a entrada.

Bom, lá fui eu para o 2o andar... Cheguei em um local bem tranquilo, muito diferente de uma agência bancária. Fui pedir informação ao argentino que estava na bancada (a agência agora é uma sala comercial grande, com duas mesas ao fundo, dois caixas eletrônicos de um lado e essa tal bancada). Este cidadão me informou que eu posso fazer tudo no caixa eletrônico, menos sacar dinheiro. E agora também não se pode mais tirar dinheiro do caixa (com bancários e tal). Ahhh, esqueci de mencionar que agora esta é uma agência corporativa e atende apenas pessoas jurídicas.

Ok. E agora? Como um correntista do BB tira dinheiro em Buenos Aires? MUITO SIMPLES!! Usando qualquer caixa eletrônico da rede LINK, o que é ótimo, afinal tem um em cada esquina... Porééém, o que não é tão ótimo assim é a taxa a ser paga... Além do que o BB te cobra (2,5 dólares mais uma porcentagem sobre o saque - você pode ver isso atrás da sua fatura do cartão de crédito - que agora não lembro exatamente qual é), você tem que pagar também 16 pesos (para usar o LINK). Resumindo, você pode tirar no máximo 1000 (mil) pesos por saque e a cada saque paga os 2,5 dolares, a porcentagem, mais 16 pesos.

Eu não quero expressar minha opinião sobre o BB nesse momento, porque eu pretendo manter um certo nível de educação no blog e com certeza isso não seria possível se opinasse sobre essa palhaçada toda.

Ahhh, um detalhe mais... O banco não te paga a taxa de cambio oficial, paga pelo menos 10 centavos a menos em cada real que você tira. Excelente, não?

Lembrando sempre que nosso dinheiro vale mais do que o dobro por aqui e que a cidade está LOTADA de brasileiros por todos os lados. Mas pra que ter uma agência do Banco do Brasil??

14 comentários:

Daniela Paulino disse...

puta sacanagem... vai ver que o banco tá sem dinheiro e resolveu economizar um pouco, né? caras de pau!

Anônimo disse...

Sacanagem mesmo!

Victor disse...

Voce pode em informar se o saque pode ser feito apenas de conta corrente ou tambem de uma poupança? Grato!

Rodolfo Santiago disse...

Estou em Rosário e passando o maior apuro, meus pais depositaram dinheiro para mim na minha conta do Banco do Brasil e não estou sequer conseguindo tirar o saldo pelos caixas link e banelco e muito menos sacar, estou com muita raiva de tudo isso e o banco ainda explica que minha conta está toda certa e pronta para fazer qualquer tipo de serviço internacional.

Anônimo disse...

Nada mudou em Buenos Aires para clientes ou palhaços-clientes do BB. Procuramos a tal agencia na Rua Sarmiento e nada. O pior é que o gerente Estilo do Banco no Brasil, que deveria ser um profundo conhecedor do assunto, acabou de informar, antes da viagem, que poderíamos sacar em pesos no BB da Argentina e que os funcionários falavam português. kkkkkkk!!!! Balela. Que merda! Estamos quase sem grana.

Luiz Fernando disse...

Tentei sacar dinheiro em vários caixas eletrônicos em Buenos Aires com o meu cartão BB-Visa e não consegui. Qual seria o "código de identificion pessoal"? Tentei a senha, tentei ag+cc, num cartão e nenhum argentino soube me explicar como fazer para sacar dinheiro nesses malditos caixas eletônicos! Alguém saberia me informar o procedimento para saque em caixas eletrônicos aqui na Argentina? Obrigado!

FELIPE CARMONA disse...

Amigos, também vivi ete drama ao cegar na Argentina, a muitos dias fora do Brasil, quando chgeuei na Argentina para ficar 10 dias, no primeiro tentei sacar dinheiro em Buenos Aires em todos caixas eletronicos, chamados de cajeiros, com os cartões do Itau e Santander, nã estava conseguindo, porém vi que o Banco Do Brasil comprou o banco d Patagonia, me dirigi com o crtão do banco do Brasil ao caixa eletronico do Banco da patagonia e saquei dinheiro normalmente, com a mesma senha, deve, entretanto, o cartão estar liberado para uso no exterior, caso não esteja, uma ligação resolve isso, tive de pagar uma taxa em torno de 18 pesos pelo saque.

ESPRO Recife - Processo Seletivo CBT disse...

Eu moro aqui recentemente, mas visito a cidade a anos e uso meu cartão da conta corrente do BB para fazer saques na rede link ou em outros lugares sem problemas nenhum. PS você tem que habilitar essa função na sua conta que pode ser feita pela internet. O chato só são as taxas.

Anônimo disse...

Olá a todos tb tive o mesmo problema, mas o importante é que se pode fazer saque normalmente da conta corrente através do banco Patagônia que agora pertence ao banco da Brasil!!!

Carlos Garcia disse...

Estive em Buenos Aires desde dia 19 até hoje e não consegui sacar dinheiro como débito em conta com o cartão múltiplo Santander Platinum. Só tem a rede Banelco que não reconhece a conta corrente. Somente é possível fazer algum saque como crédito sujeitando-se às altas taxas do cartão Visa e pagando ao tal de Banelco a taxa de 18,62 pesos argentinos por saque. Este mesmo cartão foi aceito normalmente em vários caixas eletrônicos espalhados por Paris no ano passado, sem nenhum problema. Outro detalhe o banco Santander de lá não é o mesmo banco daqui pois se chama Santander Rio e não reconhece a conta daqui.

Pé de Pano disse...

Oi, tô com problemas de senhas, tenho que cadastrar as minhas e pra isso preciso ir a um caixa eletrônico, ou seja, a central de auto-atendimento. Alguém sabe se nessa "nova" agência de BsAs posso fazer isso? Ah, lembrando que eu sou pessoa física...

Anônimo disse...

Muita sacanagem mesmo, nem os taxistas argentinos são tão sacana assim. Mui amigo!!!

Anônimo disse...

Caracas, vocês são uns clientes de mierda mesmo. Pra que agencia se pode sacar em qualquer esquina em Buenos Aires? Vocês viajam sem se informar direito e ficam detonando o que não conhecem. É isso que dá classe F que passa para a classe E se achando. Procurem primeiro se informar direito e depois reclamar com propriedade.

Prado disse...

És mierda mismo, turista de cataratas...:))